.mais sobre mim
.Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28


.posts recentes

. ...

. Nunca mais.

.

. Prêmio / Desafio

. Marley e Eu

. Reforma ortográfica? Que ...

. Selinho / Desafio / MEMEM...

. Estranho...

. Selinho

. Coragem

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds
Sábado, 31 de Janeiro de 2009
Marley e Eu

Fui assistir Marley e Eu na segunda-feira. Incrível como aquele filme me fez sentir tão frágil, tão pequena.

Tudo estava lindo até a metade do filme. No final, o pessoal da sala do cinema parecia estar cortando umas vinte cebolas ao mesmo tempo. Eu, cinqüenta. Eu soluçava por dentro.

Um filme tão verdadeiro, com um nome tão inocente e um roteiro perfeito.

Confesso que de todos os filmes que assisti, esse foi o melhor. Desbancou até mesmo Crepúsculo. É, se surpreendam mesmo.

E eu recomendo; porque você vai sentir seu coração batendo tão forte num momento tão ingênuo. E não se preocupe se lágrimas brotarem dos seus olhos... Você não vai estar sozinho.

 


música: Tiago Iorc - Nothing But a Song

publicado por Lelehk às 19:21
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

Sábado, 24 de Janeiro de 2009
Reforma ortográfica? Que lixo!

É, uma das coisas que me deixou bem irritada esses tempos atrás, foi a reforma ortográfica.

Me diz: pra quê?

Vai ficar tudo tão estranho... sem sentido! Eu acho lindo eu escrevendo aqui com tudo acentuado, fica parecendo uma coisa formal, não é? Agora os acentos fazem ‘puf’, os hífens somem, acrescenta-se uma letrinha ali, tira outra aqui, fizeram uma crueldade com as tremas e pronto. Isso mudou alguma coisa na vida de alguém? Acho que mais estressou do que facilitou, sinceramente.

O mais difícil vai ser me adaptar a essas regras. Tô a fim de jogar tudo pro alto e continuar a escrever sem ligar pra isso,mas daí as notas nas redações não vão mais ser as mesmas e aí vou me ferrar.

Não tinha outra coisa melhor pra inventar?

Essa idéia de querer mudar a língua portuguesa não foi nem um pouco um ato heróico. (haha!)


sinto-me: f e l i z !
música: Jason Mraz - I'm Yours

publicado por Lelehk às 18:54
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|

Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009
Selinho / Desafio / MEMEMEMEME

O selo foi criado para presentear aqueles blogueiros que não dão calotes nas comunidades do orkut e fazem comentários legais e valorosos ao invés dos “legal seu blog”, “muito legal o texto”, “passa lá no meu”... enfim, aqueles comentários só para encher murcilha ao invés de ser construtivo.
Recebido da Estripulia e de alguém que eu não lembro. :x
 

 
Então. Há umas cinco décadas que a Mell me passou esse desafio e eu só estou postando agora.

Tenho que descrever 12 desejos e depois repassar o desafio.

Os meus desejos são:
– Fazer um intercâmbio, ou sair fora do país;
– Fazer logo 18 anos;
– Arrumar um emprego; 
– Ser bem sucedida;
– Ter mais paciência (com e em tudo.);
– Tirar o aparelho;
– Ter um namorado/marido fiel;
– Ser uma SuperAtrê (H);
– Aparecer na televisão algum dia, dando uma entrevista, ou qualquer outra coisa;
– Conhecer meus ídolos, tirar foto, abraçar, agarrar, pedir autógrafos;
– Que nunca mais me passem um desafio tão difícil, porque desejos são muitos, haha!;
– A paz mundial.

E agora um meme da Estripulia, que é amorzinho.
1 - A última pessoa com quem falou hoje: Erm, minha irmã.
2 - A última coisa que falou: “Tô com fome.”
3 - O último pensamento: “Cadê meu chinelo?!”
4 - A última pessoa que se reconciliou: Sei lá!
5 - A última pessoa com quem brigou: Minha irmã, de novo.
6 - A última pessoa que falou de Deus pra você: Sonia Abraão. (?) UDIHSAOIDUHAI. Eu tava assistindo o programa dela, oks. E não agüentei nem por três minutos.  
7 - O último lugar que você gostaria de estar: Uau... Num caixão -y
8 - O último filme que assistiu: Um maluco no golfe, com Adam Sandler, meu amorzinho. Hihi.
9 - O último livro que leu ou que está lendo: Último livro que li - Twilight; Estou lendo – New Moon.
10 - O último presente que ganhou: Tenho memória fraca, tchau.
11 - A última coisa que gostaria de estar fazendo: Calma, não entendi a pergunta.  
12 - O ultimo telefonema feito ou atendido no seu celular ou telefone: Último feito – pro moço trazer um galão de água aqui em casa, eu acho. E o atendido, bah, minha amiga me enchendo o saco.
13 - O último conselho que deu e pra quem deu: Pra minha cachorra não sair mais no meio da rua.
14 - A última vez que chorou e por que: Antes de ontem, por ter batido o dedinho do pé no sofá.
15-O que faria hoje se fosse seu último dia de vida: A pior de todas as perguntas, fato. Então, o que eu faria? Acho que eu gritaria, ligaria o rádio bem alto, telefonaria pra alguns amigos, não sairia de casa devido o fato do trânsito que estaria megamasterblaster congestionado e faria brigadeiro.
 
Quem quiser o desafio, sinta-se a vontade para pegá-lo, assim como o selo.
Certamente eu estou quebrando a corrente, mas sei lá, é um tanto difícil eu passar pras pessoas porque umas gostam, outras não; e além disso, é difícil “escolher” um pessoalzinho, sabe? Eu gosto muito de todos os que visitam essa bagaça, então todos são merecedores. Bgsmil e amo vocês;
 

P.S.: Um super obrigado pra quem “devolveu” o prêmio Dardos, ok? (:

 

sinto-me: esperançosa não sei pelo quê
música: Tokio Hotel - Monsoon

publicado por Lelehk às 23:15
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

Sábado, 10 de Janeiro de 2009
Estranho...

Tive um sonho ontem. Vou defini-lo como “maravilhoso”. Recordo alguns detalhes, ainda.

No meio desse sonho, uma menina apareceu. Seu nome era Sandra. Aparentava ter 15 anos, a mesma idade que eu. Rosto pequeno, delicado, cabelos curtos, olhos castanhos.

O mais estranho foi quando ela falou comigo. Ela pediu um rim. Eu consegui ver a minha cara e eu fiquei boquiaberta, com minha cara de lesada de sempre (só que nessa hora um pouco pior). Não sei por qual motivo isso aconteceu. Não assisti nenhum filme de terror nem científico nos últimos dias. Jogos mortais faz um bom tempo que eu vi, então não deve ter relação nenhuma com isso...

Muito estranho.

E de repente ela foi embora. Parecia ter ido com aquela fumacinha que a gente só vê em filmes.

E então o sonho maravilhoso continuou por alguns segundos e eu acordei. Sorrindo.


sinto-me: ansiosa
música: Paramore - Decode

publicado por Lelehk às 21:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|

Sábado, 3 de Janeiro de 2009
Selinho

 

 

 

Recebi esse prêmio da Mell.
 

 
O PRÊMIO DARDOS, que vem reconhecer o desempenho de blogueiros, no campo cultural, criativo e ético, tem também como objetivo estreitar laços, diminuindo assim, ainda mais as barreiras à comunicação e à amizade. Assim conforme o regulamento do prêmio e julgando méritos e realizações, indico abaixo mais 15 blogs merecedores de tal distinção como difusores e incentivadores culturais e meus queridos amigos:
Elas mascam bubblegum / Four best friends / 100 Jeito / Brincando com Letrinhas / Blues e poesia / Rê, / Estripulia, / Diana, / Gabriela, / Raposa, / Angel, / Sweet Love, / Vamp, / Zora / Gwen Mignot.

Muitos outros também são mais que merecedores do PRÊMIO DARDOS, mas vi que já o receberam por indicações de outros Blogs.

 
Com o PRÊMIO DARDOS se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.
Esse selo foi criado com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.

 
[O Premiado deve, por favor, seguir essas instruções:
1) Deve exibir a imagem do selo em seu blog;
2) Deve linkar o blog pelo qual você recebeu a indicação;
3) Escolher outros 15 blogs a quem entregar o PRÊMIO DARDOS e
4) Avisar os escolhidos.]


publicado por Lelehk às 03:31
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|

Coragem
Eram dez horas da noite. Ambos online no programa de mensagens instantâneas.
A incerteza o perseguia depois daquele dia (mais precisamente 17 de abril).
Aquele sorriso. Seria algo a mais ou apenas um como todos os outros que eram constantes em seus lábios? Dúvida.
Os pensamentos já o atordoavam. Não conseguia se concentrar. Atormentava-lhe os cliques desordenados do mouse. Queria respostas, queria liberdade, queria ter a certeza.
Pegou o telefone e discou o número de sua casa. A voz doce fez-lhe estremecer o corpo:
- Alô?

 

Desligou.

 


sinto-me: sei lá
música: Linkin Park - Shadow Of The day

publicado por Lelehk às 03:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.links